Como empilhar as caixas de papelão?

O estoque é um setor especial para a logística de uma empresa ou fábrica. Por isso, exige dos gestores uma boa lógica de organização, otimização de espaço e armazenagem adequada dos produtos. Mas, para ter tudo isso, é preciso saber empilhar corretamente as caixas de papelão que envolvem os diversos produtos que percorrem o Brasil.

Com alguns cuidados, você aumenta a resistência das embalagens que utiliza, protegendo os itens dentro delas, além de garantir que o seu estoque permaneça organizado, reduzindo o retrabalho e a necessidade de trocar produtos danificados.

Empilhamento colunar e as caixas de papelão ondulado

Basicamente, 70% da resistência das caixas de papelão está em suas arestas ou cantos. Por isso, recomenda-se o empilhamento colunar, ou seja, uma caixa exatamente em cima da outra, formando colunas. Mesmo não oferecendo uma boa amarração da carga, dessa forma você terá a melhor resistência, já que o peso estará melhor distribuído entre as partes mais fortes das caixas. Outro detalhe crucial é empilhar embalagens do mesmo tamanho em cada coluna, formando pilhas diferentes para cada tamanho de caixa.

Como empilhar as caixas de papelão

Foto: freepik.com

Empilhe as caixas de papelão sobre paletes

As embalagens de papelão são resistentes, leves e úteis para a estocagem, mas não suportam umidade excessiva. Por isso, é comum colocar paletes no piso antes das caixas. Mas cuidado: nunca deixe as laterais da caixa para fora da estrutura do palete, muito menos as arestas das caixas nos vãos dos paletes.

Tome cuidado com a umidade e o prazo de validade

Vale ressaltar que a umidade é um fator crucial para as caixas de papelão. Assim, além de utilizar os paletes, você pode deixar as caixas a uma distância de um metro das paredes para evitar que absorvam a sua umidade.

Outro ponto fundamental é o prazo de validade. Essa não é uma informação obrigatória no Brasil, por isso, na falta desse dado, considere substituir a caixa após 60 dias de utilização.

Faça o preenchimento correto

A forma como os itens estão dispostos dentro das caixas de papelão também importa para um empilhamento correto. Assim, ao escolher uma caixa para os seus produtos, observe se as medidas internas dela fazem sentido, para que todo o espaço seja aproveitado internamente.

A carga precisa ser distribuída uniformemente, preenchendo a embalagem toda. Assim você economiza espaço no seu estoque e evita que os itens dentro dela se movam no transporte — movimentação que pode danificar o produto.

Se, por algum motivo, não for possível preencher satisfatoriamente a caixa, podem ser utilizados sacos plásticos cheios de ar, espumas de EPP ou EPS, cintas nas paredes internas, entre outros, nos vãos entre as mercadorias, para evitar que elas se movimentem ou que a caixa se dobre ao empilhar.

Outro ponto é garantir o tamanho ideal das caixas de papelão, conforme o peso dos produtos. Isso porque nem sempre a maior caixa servirá para os produtos maiores, e vice-versa. Escute os conselhos do seu fornecedor para obter a melhor embalagem.

Observe todos os símbolos impressos na caixa

As informações impressas nas caixas de papelão existem para fornecer informações sobre o manuseio das caixas e as melhores formas de empilhá-las. O desenho com um sol, por exemplo, significa que a caixa não pode ser exposta à luz do sol ou a altas temperaturas. Já o guarda-chuva indica que você deve evitar a umidade. Você também pode ver o desenho de uma taça, que representa a presença de itens frágeis.

Mas o símbolo mais importante para o empilhamento é um número com duas linhas abaixo dele. Este número indica a quantidade de caixas que podem ser colocadas numa mesma pilha. Siga essa orientação para garantir a qualidade do armazenamento.

Esses detalhes na hora de empilhar as caixas de papelão garantem que você tenha um estoque organizado com menos danos ou custos adicionais.